Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a brindar sem água

"Vinho não é bebida alcoólica! É paisagem, história, etnografia, inspirador e coligado no evoluir do Homem. Tudo isso falado no copo!" - Eu

a brindar sem água

"Vinho não é bebida alcoólica! É paisagem, história, etnografia, inspirador e coligado no evoluir do Homem. Tudo isso falado no copo!" - Eu

Chef ou empresário de restauração, a quem ouvir?

11.05.20 | manuel

 

restaurant.jpeg

Nas notícias sobre o que se seguirá nos restaurantes aparece quase sempre a expressão “Chefs”, contestam isto ou aquilo, ou vão fazer isto ou aquilo, concordam ou não concordam, etc. Porque é a comunicação social, canais televisivos, por exemplo, não se referem a este negócio como “empresários da restauração”, ou simplesmente “restaurantes”?

Bem sei que existem alguns chefs que são famosos, que aparecem na televisão, o que dá visibilidade à classe, entre outras coisas mais ou menos positivas. Mas nem por isso são o referencial de melhor modelo de gestão. 

Estes “chefs”, os famosos, correspondem a 0,001% do negócio da restauração. Ou seja, somente um punhado deles são empresários ou donos de restaurante. Mais de 99,9% dos cozinheiros com cargo de chefia, ou “chefs” são empregados de uma entidade patronal, vulgo empresários de restauração.

Não que a opinião de alguns deles não seja importante, ou que a visibilidade de alguns não possa ser uma voz mais fácil para o sector se fazer ouvir. Mas esses são uma ínfima minoria. Representam uma parte muito insignificante, no conjunto da atividade. Quantos empresários de visão, estratégia, capacidade de liderança ou gestão não estão a ser ouvidos, ou entrevistados? Ver que soluções estruturais propõem? Qual a visão de médio longo prazo? Como atrair consumidores? Quais os dados que dispõem? 

Tal como quando se faz uma alusão a um estudo, resultante de opiniões de um conjunto alargado de académicos, também se deveria escutar, quem realmente é significativo, investidores, empresários, etc., agentes que representam verdadeiramente a maioria do negócio.