Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

a brindar sem água

"Vinho não é bebida alcoólica! É paisagem, história, etnografia, inspirador e coligado no evoluir do Homem. Tudo isso falado no copo!" - Eu

a brindar sem água

"Vinho não é bebida alcoólica! É paisagem, história, etnografia, inspirador e coligado no evoluir do Homem. Tudo isso falado no copo!" - Eu

Milhos Ricos

20.05.20 | manuel

Os Milhos Ricos (ou simplesmente Milhos), mais comuns nos concelhos de Mondim e Ribeira de Pena, surgiram como forma de aproveitar o milho regional existente em todas as casas agrícolas para, juntamente com o fumeiro produzido a partir da matança do porco, criar uma iguaria gastronómica.

30e2cfa6c9ce892538436127e54814cb_w400.jpg

Foto: https://tradicional.dgadr.gov.pt/

Os milhos pobres confecionam-se apenas com carne gorda. Os milhos ricos são confecionados com várias carnes: os cornados levam carne de vitela; os esboçados levam carne de porco; os esgravatados levam carne de galinha.

Delimitação da área geográfica de produção: Cabeceiras de Basto, Celorico de Basto, Mondim de Basto e Ribeira da Pena
Ingredientes utilizados: Milhos; cebola; alho; azeite; sal; louro; entremeada de porco; chispe de porco; orelha porco fumada; chouriça de carne; chouriça de sangue; salpicão; presunto.

https://portugaldelesales.pt/vinhos-e-gastronomia/

https://sicnoticias.pt/pais/2020-03-07-Milhos-ricos-em-Ribeira-de-Pena